Contratos para zeladoria de 107 parques em São Paulo é suspenso pela Prefeitura

02/09/2019

Contratos para zeladoria de 107 parques em São Paulo é suspenso pela Prefeitura

Fonte: G1 São Paulo

A Prefeitura de São Paulo suspendeu neste sábado (31) diversos contratos que afetam serviços terceirizados em 107 parques de toda a capital. A conservação, a manutenção dos banheiros e a segurança serão afetadas.

O Diário Oficial da Cidade de São Paulo informa que a gestão Bruno Covas (PSDB) suspendeu os contratos que fazem manutenção das áreas verdes e da zeladoria dos sanitários por até 30 dias.

Entre os parques afetados estão o Parque da Luz, o mais antigo da capital paulista e tombado como patrimônio histórico, e o Parque da Aclimação.

Neste último, por exemplo, o contrato suspenso é o que garante a contratação de funcionários que fazem a vigilância e a segurança do parque sem o uso de armas, funcionários que abrem e fecham o portão de acessos todos os dias.

O contrato assinado com a prestadora de serviço que cuida da segurança do Parque da Aclimação e de mais 8 parques é de quase R$ 7 milhões por ano. Quando assinou o documento, a empresa se comprometeu a contratar 66 funcionários para fazer a ronda dia e noite.

A reportagem do G1 esteve no parque no sábado (31), e os funcionários não souberam informar que vai assumir o serviço hoje, segunda-feira.

Em nota, a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente disse que alguns contratos passam por renegociação, mas garante que isso não compromete os serviços.